Federação da Agricultura faz balanço positivo das ações em Pernambuco


A Federação da Agricultura do Estado de Pernambuco (Faepe) finaliza o ano de 2017 com um balanço positivo das ações de representação do produtor rural. O levantamento foi apresentado pelo presidente da entidade, Pio Guerra, ontem (05), no Recife, em sua reunião com a diretoria plena da instituição. 

O gestor pontuou uma série de iniciativas diretas, de apoio à classe produtora rural, que movimentaram o setor durante o primeiro e segundo semestre deste ano. Entre elas: os debates para reestruturação produtiva do Semiárido propostos pelo Fórum Permanente de Convivência Produtiva com as Secas; a identificação de alternativas que assegurem a implementação e o efetivo funcionamento das políticas hídricas, a realização de painéis de levantamentos de custos de produção junto aos produtores; atos de reivindicação para prorrogação do prazo de adesão à Lei que autoriza renegociar as dívidas rurais, bem como solicitações embasadas legalmente para a liberação dos recursos do Seguro Rural. “A discussão de assuntos ligados ao setor junto à comunidade empresarial, academia e Poder Público é permanente”, ressaltou Guerra.

Além disso, os cursos gratuitos de capacitação, executados pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Rural de Pernambuco (Senar/PE) – instituição vinculada à Faepe, viabilizam a qualificação do produtor. Entre janeiro e setembro deste ano, o Senar Pernambuco capacitou mais de 11 mil pessoas, com a realização de 990 cursos, impulsionando as atividades produtivas de 108 municípios pernambucanos, a exemplo dos treinamentos nas áreas da cana-de-açúcar, pecuária, avicultura e fruticultura, entre outros. Vale ressaltar que, os números citados acima devem ser ampliados, uma vez que a instituição segue dando sequência aos treinamentos que compreendem o último trimestre deste ano.

Além do presidente, a reunião contou com a participação de todos os diretores da entidade composta pelos primeiro e segundo vice-presidente Paulo Melo e Francisco Viegas, pelos primeiro e segundo secretário Fausto Pontual e Alessandro Menezes, e pelos primeiro e segundo tesoureiro, Maria Welkovic e Jurandir Oliveira, respectivamente.

Entre as deliberações, foram aprovados o Relatório de Atividades da Faepe do exercício de 2017, o encaminhamento para o Conselho Fiscal da Reformulação Orçamentária do Exercício Financeiro de 2017 e da Proposta Orçamentária do Exercício Financeiro de 2018, bem como a ata da última Reunião de Diretoria. Providências de curto, médio e longo prazo que se ajustem a nova realidade orçamentária com a não obrigatoriedade da Contribuição Sindical Rural em 2018, foram amplamente discutidas nas peças citadas acima.