Agropecuária mantém liderança na oferta de emprego em junho


Em Pernambuco, maior número de contratações foi da fruticultura irrigada. Segundo o Caged, foram 1.141 mil trabalhadores admitidos no segmento

A agropecuária foi, mais uma vez, o destaque positivo no saldo de carteiras assinadas em junho. Em Pernambuco, do resultado total de 2.726 postos de trabalho gerados, o setor registrou 1.380 novas contratações, ficando atrás apenas da indústria de transformação, que criou 1.566 vagas.

Petrolina foi a cidade que mais gerou emprego no Estado, com 1.141 trabalhadores admitidos em junho. A fruticultura irrigada explica o desempenho favorável. Segundo a Associação dos Produtores do Vale do São Francisco (Valexport), a colheita e a embalagem para a exportação tem início nesse período. Dessa forma, os empregos tendem a crescer até agosto e se manterem até novembro.

Além disso, o setor liderou a oferta de vagas, abrindo 36.827 novos postos de trabalho em todo o país, segundo números do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), do Ministério do Trabalho.

Informações: Assessoria de Comunicação da CNA